domingo, 30 de novembro de 2014

Quinto lançamento do livro "Favela Toma Conta 2" de Alessandro Buzo. No VIII ENCONTRO PAULISTA DE HIP HOP no Memorial da América Latina



Buzo fez lançamento do livro novo



Fotos: Marilda Borges

Sábado, 29/11/2014.... Memorial da América Latina, Alessandro Buzo fez lançamento do livro "Favela Toma Conta 2 - A Literatura e o Hip Hop Transformaram Minha Vida".
Foi durante o VIII Encontro Paulista de Hip Hop.
Muita gente prestigiou, boa parte aproveitou o comprou o FAVELA 1 também, pra ter a história completa, cada livro custava R$ 30,00 e juntos R$ 50,00.
Agradecer quem adquiriu os livros ontem, bom saber que muitos estão lendo hoje.
O lançamento aconteceu no Stand da Livraria Suburbano Convicto na Biblioteca Victor Civita.
Foi o último lançamento agendado pra 2014.





Meu mano Flávio Renegado



Gil Ponês, Buzo, Nicolas e Joul (Matéria Rima)





Amiga representou o Toninho da Secretaria da Igualdade Racial, que apoiou o último Favela Toma Conta no Itaim Paulista, dia das crianças.





NegroStyle, Buzo e Laura













Você encontra o livro "Favela Toma Conta 2" do Alessandro Buzo na.....

LIVRARIA SUBURBANO CONVICTO
De seg. a sexta, das 10h às 19h
Rua 13 de Maio, 70 - 2o andar
Bixiga (10 min. do Anhangabau)
(11) 2569-9151
suburbanoconvicto@hotmail.com
www.livrariasuburbanoconvicto.blogspot.com

terça-feira, 4 de novembro de 2014

O livro em uma palavra, segundo o Walter Limonada de São Bernardo do Campo-SP

"Favela toma Conta 2", vou descreve-lo com apenas uma palavra: MOTIVADOR !!!!



Walter Limonada - leitor

Sobre o livro.....

Vamos lá! Li os dois livros. Comecei e não sosseguei até terminar o segundo. Fui me envolvendo nas histórias, nos perrengues... com seu jeitinho despretencioso de ligar os acontecimentos. A gente se sente parte do contexto. É tão real! Parece até um amigo escrevendo uma carta pessoal. Aprendi muita coisa, pois, como sou carioca e só moro em sampa há 10 anos, só agora estou pegando o jeitinho paulista de ser e entendendo esta cidade louca e maravilhosa (desculpe, Rio). Você desenvolve muito sobre o rap e isso me encantou, uma vez que, no Rio, o rap nunca foi tão contundente quanto em SP. Fiquei chocada com a história das calças remendadas, não por causa das calças propriamente ditas, mas por representarem um momento tão caótico na sua vida e uma coisa tão significativa: fundos sem fundos! O primeiro livro me passou um Buzo agitado, cheio de incertezas, preocupado, buscador (com todos os motivos, claro); o segundo livro, me deu uma sensação de encontro com a alma, de equilíbrio, de bonança...rs... Acho que a família, que você enfatiza com tanto carinho, amadureceu também e se tornou seu escudo protetor. Parabéns, Buzo, família é a nossa célula mater, é a nossa primeira escola, é nosso chão. Que bom que sua companheira, Marilda, é essa guerreira e que bom que você reconhece nas muitas citações que faz a ela. Que bom que seu filho, Evandro, veio iluminar a vida de vocês! Quero deixar registrado, também, a grata surpresa de saber que o Toni Nogueira do livro era o Toni batera!...rs... Surpresa! Afinal, tem pouco tempo que nos relacionamos fisicamente. Eu sempre ouvi falar do Sarau e já conhecia sua literatura, mas nossos laços se estreitaram por causa do Bruno (Carioca), por causa do rap. Que bom. Fico muito feliz de ter penetrado seu mundo tão especial e cheio de vida (mesmo as partes menos felizes foram importantes para o seu aprendizado e para ser o Buzo que é hoje). Enfim, amei a leitura dos 2 Favela Toma Conta. Que pena que não participei de nenhum evento até agora. Desejo que você viva muito mais, pra eu ter o privilégio de ler o Favela Toma Conta 3, 4, 5...rs... Muita luz, querido. Você, Marilda e Evandro são um trio de muita sorte por terem uns aos outros. Fé, força e muita paz!

Marcia Louzada - leitora...